AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
TRADIÇÃO

Pêssankas gigantes “invadem” praça da matriz em Prudentópolis

Exposição segue até domingo (21)

sexta-feira, 19 de abril de 2019 - 17:04:00

A praça da Igreja Matriz São João Batista, em prudentópolis, foi “invadida” por 12 pêssankas gigantes nesta sexta feira (19 de abril).

A exposição faz parte das comemorações pascais da comunidade ucraniana no município. As pêssankas foram confeccionadas em Gramado (RS) e são feitas de fibra de vidro e pintadas com tinta automotiva, para serem mais resistentes à exposição ao tempo.

A exposição na praça da igreja matriz deve permanecer até o domingo (19). A partir da próxima semana, as peças serão expostas em pontos turísticos da cidade.

A beleza das peças gigantes encantam e chamam a atenção de todos que passam pelo local.

SIMBOLISMO

As pêssankas ucranianas são ovos decorados, feitos tipicamente para presentear membros da família e amigos. Fazem parte do artesanato de vários países eslavos, inclusive da tradição ucraniana, há séculos. A partir da década de 1990, as pêssankas passaram a significar muito mais para o povo ucraniano, tornando-se um símbolo do renascimento da Ucrânia, agora livre e independente. A tradição das pêssankas começou há milhares de anos, antes da era neolítica. Nas peças mais antigas, chamadas tripília, predominavam o branco, o marrom e o preto, por serem as cores extraídas da natureza como folhas, cascas, sementes, raízes etc.

Antigamente as pêssankas eram dadas em nascimentos, uniões, casamentos, falecimentos, doenças e em datas solenes, como demonstração de estima e afeto, assim como na intenção de proteger do mal e desejar bons votos. Acreditava-se que a pêssanka era uma espécie de talismã e ainda hoje fala-se que se a Pêssanka quebrar é porque algum mal ela absorveu. Para isso preferencialmente deve ser ganha e mantida em casa para trazer a boa sorte, a saúde, a prosperidade e vida longa. A palavra pêssanka deriva do termo “pyssaty" que significa escrever, em ucraniano.

A simbologia dos seus traços e cores são muito diversos e antigamente, antes do cristianismo, faziam referências ao valores pagãos, como culto aos deuses e aos sinais da natureza. Como exemplo, a estrela, que nos dias de hoje, representa Cristo e o Amor o que antes simbolizou o altar pagão e a cruz, que antes era símbolo dos quatro cantos do mundo, agora simboliza o Cristianismo. Os símbolos e as cores utilizadas têm profundo significado sendo o ovo por si só um símbolo da vida. É rica em misticidade e cada desenho empregado traz uma mensagem.

São feitas em ovos de galinhas, gansas, codornas, avestruzes e outras aves, seguindo a técnica tradicional utilizando a cera de abelha pura para traçar os motivos e por imersão são tingidas em anilina própria. Após envernizada e limpa, a pêssanka é preenchida com parafina, gesso ou silicone para melhor conservação ou mantida naturalmente com sua clara e gema onde com o tempo Julia Regina Bordun Bertoldi 2 Oficina de Pêssankas Oficina de Pêssankas secará e se acaso quebrar acredita-se que serviu como amuleto protegendo-o de algum mal.

Assim, quem presenteia com uma pêssanka expressa, através dos símbolos, seus votos em relação à pessoa presenteada. Isso “dá à pêssanka características de um belíssimo, especial e delicado presente.” E conforme a tradição são confeccionadas no período da quaresma, tempo de penitência antes da Páscoa, para que no sábado de aleluia seja abençoada junto com a cesta de alimentos, a páska (pão especial e decorado) e uma vela, todos são levados à igreja para Divina Liturgia Pascal. Os alimentos desta cesta só poderão ser consumidos após esta missa ou no café da manhã do Domingo de Páscoa. Esta celebração é a mais solene onde os fiéis cantam e se cumprimentam dizendo: "Cristo Ressuscitou!" - "Em Verdade Ressuscitou!".

A Páscoa na Ucrânia é simbolizada pelo ovo que representa a vida nova, a ressurreição de Cristo. Por isso as pêssankas são oferecidas aos amigos e familiares com votos de vida nova principalmente no Domingo de Páscoa!

(Fotos: Darlon Matos e Rádio Copas Verdes)

COMENTÁRIOS