AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
INVESTIGAÇÃO

Ricardo Barros pode presidir CPI das fake news

O motivo é a crise do PSL que retirou os bolsonaristas da CPI, entre eles o deputado Filipe Barros (PR)

domingo, 20 de outubro de 2019 - 07:46:00

O deputado Ricardo Barros (PP-PR), designado vice-presidente da CPI das fake news, pode vir a presidir a comissão.

O motivo é a crise do PSL que retirou os bolsonaristas da CPI, entre eles o deputado Filipe Barros (PR). Com a desordem na sigla de Bolsonaro, a oposição foi ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), cobrar maior produtividade da comissão.

A avaliação é a de que o comandante do colegiado, Angelo Coronel (PSD-BA), é “ingovernável” e atrapalha os trabalhos. E Ricardo Barros é visto como o nome que vai dar ritmo aos trabalhos. Com informações da coluna Painel na Folha de S. Paulo.

COMENTÁRIOS