AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
BENEFÍCIO

Projeto de Hortas Comunitárias agora é lei em Guarapuava

Projeto é de autoria do vereador Negão

terça-feira, 23 de abril de 2019 - 10:18:00

O projeto de manutenção de hortas counitárias agora é lei em Guarapuava. “Agora é só plantar, cuidar, colher e ter alimentação saudável”, observa o autor da lei nº 2922, de 1ª de abril de 2019, Valdemar Calixtro dos Santos (PDT), o Negão, que foi sancionada pelo prefeito. 

Atento às demandas da população, o vereador institui o programa de incentivo de hortas comunitárias e familiares em Guarapuava, com o objetivo de incentivar a agricultura social e ir de encontro a Campanha da Fraternidade deste ano: “Fraternidade e Políticas Públicas”.

De acordo com Negão, é uma maneira de combater a fome e a desnutrição de famílias que estejam em situação de vulnerabilidade social, como, também, desenvolver práticas e hábitos alimentares saudáveis, contribuindo para a segurança alimentar e nutricional das pessoas. 

“Também aproveitar a mão de obra desempregada, bem como a geração e complementação de renda. E, ainda, proporcionar terapia ocupacional para as pessoas da nossa comunidade”, justificou.

OCUPAÇÃO DE TERRENOS

Outro benefício da implantação das hortas comunitárias será a criação de espaços verdes, evitando o acúmulo de lixo em terrenos desocupados. “Serão ocupadas áreas públicas municipais ociosas, áreas declaradas de utilidade pública e ainda não utilizadas e terrenos particulares”.

Nestas hortas comunitárias serão cultivadas hortaliças, legumes, plantas medicinais e, também, flores. “A produção será destinada às famílias que trabalharem nas hortas e o excedente fica a critério da prefeitura”, explica o autor da lei.

(Com assessoria)

COMENTÁRIOS