AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
RESPEITO AO SER HUMANO

Programa Vida Digna já atende 150 pessoas em Guarapuava

Conforme o prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, o programa é um dos orgulhos de sua gestão

sábado, 22 de fevereiro de 2020 - 10:56:00

Uma nova perspectiva de vida para as famílias guarapuavanas. Este é o objetivo do Programa Vida Digna que em seis meses já alcançou mais de 36 famílias, ultrapassando 150 guarapuavanos que estão mudando sua história. Conforme o prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, o programa é um dos orgulhos de sua gestão.

Lançado em agosto do ano passado, o Vida Digna nasceu para dar suporte financeiro e social para as famílias de operadores ecológicos, que tem como principal fonte de renda a reciclagem. Desde a criação, a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social totalizou mais de R$ 29 mil reais em repasses mensais, sendo R$ 219 por família. Os resultados também se estendem ao fornecimento de 135 cestas básicas e oportunidade de crescimento profissional com 46 encaminhamentos para cursos profissionalizantes. Como apoio, os participantes também recebem acompanhamento regular, com mais de 500 visitas domiciliares já realizadas e 89 atendimentos socioassistenciais e psicossociais no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social). Todas as atividades foram planejadas pela coordenadora do Programa, Viviane Stavinski, e pela assistente social, Viviane Marcondes.

Toda a estrutura do Programa busca também fortalecer os laços familiares, com a realização de encontros do PAIF (Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família), sendo que sete já foram promovidos. As atividades dos grupos finalizaram em dezembro, com 170 participantes dispostos a melhorar a qualidade de vida. O programa também envolveu as famílias em diversas atividades como visitas institucionais, confraternizações e o grande sonho, a visita ao terreno da moradia. “Ver o terreno onde suas casas serão construídas mostra que o sonho de vida dessas famílias está mais perto da realidade. Todo esse cronograma de atividades que fazemos com os participantes mostra que essa mudança não vem de forma rápida, que ela é gradual, fruto de uma transformação contínua e que precisa ser percorrida por eles”, salientou o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Ari Marcos Bona.

Estes resultados mostram o início da mudança de vida de guarapuavanos como Patrícia Alves e Valdemir Rodrigues dos Santos. “Fiquei muito feliz quando me contaram que a gente ia participar. Vamos ganhar uma casa”, contou Patrícia emocionada. “Antes nossa renda era pouca, sobrevivíamos só do Bolsa Família e eu trabalhava na colheita. Agora já fiz um curso de mecânica de motos pra poder trabalhar”, lembrou Valdemir.

PARCERIAS

Neste ano, o Vida Digna já tem um planejamento de atividades a serem executadas e seguirá ampliando as ações, com diversas atividades que estimulam a organização dos participantes, envolvendo educação e saúde. A realização do programa é resultado de ações conjuntas com as secretarias municipais do Meio Ambiente, Finanças, Saúde, Educação e Cultura, Habitação e Urbanismo, além da parceria com a Unicentro, através de projeto de extensão coordenado pelo curso de Serviço Social.

COMENTÁRIOS