Prefeito e servidores da Prefeitura de Mato Rico são alvos de operação do Gepatria de Guarapuava

No total, foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão nos municípios de Mato Rico e Roncador

04/04/2024 11H25

O Ministério Público do Paraná, por meio da Subprocuradoria-Geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, cumpriram nessa quarta-feira (3 de abril), 14 mandados de busca e apreensão nos municípios de Mato Rico e Roncador, incluindo entre os alvos uma cooperativa e a Prefeitura de Mato Rico. A ação é realizada com apoio dos Núcleos de Guarapuava do Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e das Promotorias de Justiça de Pitanga.

O cumprimento da medida cautelar ocorre no âmbito da Operação Cercados e foi autorizada pelo Tribunal de Justiça do Paraná em investigação iniciada pelo Gepatria de Guarapuava e atualmente conduzida pela Subprocuradoria-Geral de Justiça para Assuntos Jurídicos. Os fatos em apuração envolvem a possível prática de fraudes em licitações e desvio de recursos públicos, tendo como investigados o prefeito e alguns servidores do Município de Mato Rico.

A investigação tramita em sigilo.

Deixe seu comentário:

Veja Mais