AgronegóciosEditais - Eleições 2020EducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos

O que o isolamento social tem me ensinado!

por: Fran Rocha

terça-feira, 24 de março de 2020 - 09:07:00

Durante esses dias que em que temos sido obrigados a nos manter isolados, tenho refletido sobre algumas coisas, as quais a correria da rotina me dificulta refletir com mais freqüência. Olho pra você e um mix de sentimentos me invade, tais como medo, insegurança, e maior que tudo: o desejo que isso acabe de uma vez.

Tenho optado por não me bombardear com conteúdos em excesso acerca dessa pandemia quem assolado o mundo. Mas é inevitável não imaginar a dor da mãe que não pode enterrar um filho. Ou então daquela que não pode visitá-lo. Nessas horas a minha vontade é de te colocar em um potinho a salvo de tudo e tirá-lo de lá comente quando tudo isso passar. Hoje eu temo pelas nossas vidas, a sua principalmente, pois não me imagino em um mundo onde você não esteja. Tenho medo!

Há muito que tenho pensado sobre a importância de passarmos mais tempo juntos, mas sequer podia imaginar que seria dessa forma.

Apesar de, segundo você mesmo, eu ser a “super mamãe”, não tenho o poder de fazer isso tudo acabar, mas posso mudar o modo como enxergar as coisas. Hoje o nosso tempo tem mais qualidade. As brincadeiras são mais divertidas, os bolos de chocolate têm sabor mais especial e o “eu te amo” assumiu lugar de destaque maior ainda.

Talvez um dia você leia isso e as memórias afetivas te façam esboçar um sorriso e trazer à tona a importância de estar presente na vida de quem amamos.

Encerro com a sugestão de que usemos esse período, apesar de preocupante, para aprender boas lições e resgatar a vida e felicidade que existe na simplicidade de acordar mais um diz.

#FIQUE EM CASA  

 

COMENTÁRIOS





Cartas para Pedro

Fran Rocha

A vida muda todos os dias, e nós temos que mudar com ela. Ser quatro em um já faz parte das nossas vidas e o segredo é sermos felizes e aprender muito com os ensinamentos da vida. Você vai se identificar, em algum momento, com o que tenho para contar.