AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos

Ser mãe é ser julgada o tempo todo...

por: Fran Rocha

sexta-feira, 31 de agosto de 2018 - 08:40:00

Você certamente já deve ter ouvido (ou visto) algumas dessas frases: “nossa, aquela lá onde vai leva os filhos”, ou então: “que mãe desnaturada, sai e deixa os filhos”.

Nós, mães, somos julgadas e cobradas o tempo todo. Inclusive, desde o nascimento dos nossos filhos.

Quando eles nascem, a sociedade nos cobra estarmos lindas e magras no pós parto. Reclamar do cansaço? Nem pensar! Mãe não cansa, ser mãe é padecer no paraíso. As noites mal dormidas, os seios que racharam ou então aquela semana difícil que você teve, na qual sequer conseguiu lavar o cabelo... dificilmente será reconhecida. Mãe não reclama! Mãe não cansa!

Precisamos parar de romantizar a maternidade. Ser mãe cansa sim, e muito. A gente dá banho, dá mamadeira, faz comida, guarda brinquedo, leva passear, tomar vacina, cuida da casa, conta história, estuda, trabalha fora, ufa!

E sim, nós temos o direito de tomar uma cervejinha, um jantar romântico, um encontro com os amigos. Que mal há nisso?

As avós, madrinhas, babás, existem pra podermos dar aquela respirada (ressalto aqui o uso dos mesmos com moderação, é claro).

Parem de nos julgar e cobrar. Ser mulher é ser plural. Acredite, nós damos conta... tudo está sob controle, mas assim como todo mundo, nós precisamos relaxar.

Na minha jornada materna escolhi não me incomodar com opiniões que nada acrescentam. Escolhi desconstruir a idéia de maternidade perfeita, até porque ser mãe vai muito além do certo ou errado.

Não me leve a mal, me leve pra tomar uma cervejinha!

COMENTÁRIOS





Meu coração e eu!

Fran Rocha

A vida muda todos os dias, e nós temos que mudar com ela. Ser quatro em um já faz parte das nossas vidas e o segredo é sermos felizes e aprender muito com os ensinamentos da vida. Você vai se identificar, em algum momento, com o que tenho para contar.