AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
PREVENÇÃO

Mulheres do distrito da Palmeirinha receberão serviços do Ônibus Lilás nesta sexta (13)

Ele ficará das 13h até às 16h30, na rua XV de Novembro

terça-feira, 10 de setembro de 2019 - 14:33:00

Buscando ampliar o atendimento, a Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres levará o projeto itinerante do Ônibus Lilás para o Distrito da Palmeirinha nesta sexta feira (13 de setembro). Ele ficará das 13h até às 16h30, na rua XV de Novembro. O projeto é desenvolvido em parceria com a Secretaria de Justiça, Família e Trabalho com objetivo de levar serviços de saúde, atividades ao ar livre e, principalmente, prestar o atendimento de combate à violência. “Queremos inserir as mulheres da região nessa rede de amparo, incluindo também as mulheres agricultoras de lugares de difícil acesso”, destacou a Secretária de Políticas públicas para as Mulheres, Priscila Schran.

Durante a tarde, o projeto promoverá gratuitamente aula de pilates ao ar livre e orientações sobre a saúde da mulher, com a participação de alunos do curso de Enfermagem da Unicentro. Além disso, a equipe especializada do CRAM, Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, fará  atendimento psicológico, social e jurídico, para mulheres em situações de risco de violência doméstica e relacionamentos abusivos. A equipe composta por assistentes sociais, psicóloga e advogada, busca esclarecer as dúvidas das mulheres atendidas e, se necessário, encaminha os casos para as autoridades e programas de proteção às vítimas. Vale ressaltar que esse suporte é prestado internamente no ônibus e de forma sigilosa.

Para participar, basta comparecer ao local. E, para ampliar a divulgação sobre os tipos de violência contra a mulher e a identificação dos sinais de alerta manifestados nesses casos, também estão convidados a conhecer o Ônibus Lilás, colégios, escolas, associações, igrejas e demais interessados.

COMENTÁRIOS