AgronegóciosEditais - Eleições 2020EducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
NEGATIVO

Jovem que participou de festa em Prudentópolis testa negativo para Covid-19

Prefeitura divulgou nota oficial sobre o caso nesta sexta (22). Em nota Secretaria de Saúde alerta que teste pode ser falso negativo

sexta-feira, 22 de maio de 2020 - 14:47:00

A Prefeitura de Prudentópolis divulgou nesta sexta feira (22 de maio), uma nota oficial sobre o caso da jovem que participou de uma festa em Prudentópolis. Ela teria afirmado que estava contaminada pelo vírus Covid-19. (LEIA MAIS SOBRE O CASO AQUI)

Em nota o Secretário de Saúde, Marcelo Hohl Mazurechen, informou que dois testes realizados na jovem deram negativo, um deles foi um teste rápido e outro um exame complementar RT-PCR, o qual foi feito pelo Laboratório Central do Paraná (Lacen).

O secretário disse ainda, que como a jovem é assintomática e não sabendo ao certo o período do possível contágio, as medidas de isolamento domiciliar obrigatória dos contatos estão mantidas

CONFIRA A NOTA NA INTEGRA

Considerando a repercussão ocasionada por uma manifestação nas redes sociais, oriunda de uma cidadã que esteve em Prudentópolis nos últimos dias, e afirma ter sido positivada no exame de detecção do novo coronavírus; o Município de Prudentópolis por meio da Secretaria Municipal de Saúde vem a publico informar os munícipes sobre o caso.

A paciente suspeita, após o exame por ela realizado em laboratório particular, foi encaminhada para a realização de Teste Rápido para SARSCOV-2 no município de residência, o qual testou negativo. Porém o referido Teste quando negativo não descarta a possibilidade de infecção devido à possibilidade de falso-negativo. A mesma realizou o exame complementar RT-PCR o qual também testou negativo, porém como a mesma é assintomática e não sabendo ao certo o período do possível contágio, a coleta pode ser considerada como inoportuna causando um resultado falso negativo. Portanto, na inconclusividade do caso até o momento, as medidas de isolamento domiciliar obrigatória dos contatos estão mantidas bem como todas as recomendações já citadas em notas anteriores.

Marcelo Hohl Mazurechen
Secretário Municipal de Saúde

COMENTÁRIOS