AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
DISPARO DE ARMA DE FOGO

Homem é apreendido após disparar 5 vezes com pistola, em Guarapuava

Segundo suspeito, os disparos foram para alto após ouvir barulhos no muro dos fundos da residência

sábado, 23 de maio de 2020 - 11:35:00

Um homem, que não foi identificado, foi preso na noite dessa sexta feira (22 de maio), após disparar cinco vezes com sua pistola, no bairro Santana, em Guarapuava.

De acordo com a polícia, uma equipe visualizou um homem na sacada da residência, com uma arma de fogo em punho. A equipe então verbalizou iniciando a primeira intervenção com o homem, o qual negava-se a conversar com a equipe policial, sendo que num primeiro momento o indivíduo falou que não desceria e não receberia a equipe, ainda com a arma em punho, demonstrando risco a equipe policial, e a terceiros. Posteriormente entrou na residência negando contato com a equipe. Enquanto os policiais solicitavam apoio via Copom de uma equipe especializada para dar continuidade na intervenção, o homem falou que atenderia.

Ainda segundo a polícia, após a chegada do PPchoque foi logrado êxito no contato, sendo possível a abordagem do suspeito, identificado como um homem de com 57 anos, o qual relatou a equipe que estava em sua casa quando ouviu barulhos no muro dos fundos, porém sem visualizar pessoas no muro dos fundos de sua residência efetuou 5 disparos para o alto.

A equipe solicitou para o homem o local onde estaria a arma de fogo, sendo uma pistola PT838C, desmuniciada, localizado pela equipe 14 estojos deflagrados de munição CBC 380 e 02 munições intactas, espalhados pelo chão da sacada da residência, que apresentou o registro da arma com validade até 2029 em seu próprio nome. Porém, enquanto a equipe dialogava com o homem, foi constatado odor etílico que exalava do abordado, perguntado se o mesmo havia ingerido bebida alcoólica, o mesmo relatou que sim, que havia ingerido uma taça de vinho, perguntado ainda se o mesmo gostaria de realizar exame etilométrico, respondeu que não, pois talvez teria ingerido um "pouco mais" de bebida alcoólica.

O homem e a arma de fogo, foram encaminhados para a 14ª SDP para as medidas cabíveis.

(Foto:Divulgação/PM)

COMENTÁRIOS