Guarapuava encerra segunda semana de encontros de líderes rurais

Nos seis primeiros eventos, mais de 1,3 mil produtoras e produtores rurais participaram das dinâmicas

13/06/2024 16H19

As lideranças rurais da região Centro-Sul do Paraná estiveram reunidas, nesta quinta-feira (13 de junho), em Guarapuava para participar do 4º Encontro Regional de Líderes Rurais promovido pelo Sistema FAEP/SENAR-PR. Caravanas de 21 municípios da região, num total de 126 produtoras e produtores rurais, participaram do encontro. Além de representantes do meio rural, o evento em Guarapuava contou com a participação dos deputados estaduais Cristina Silvestre e Fabio Oliveira.

Neste ano, o evento itinerante já percorreu as regiões Norte, Noroeste, Norte Pioneiro e Central, com encontros em Ribeirão Claro, Londrina, Maringá, Cianorte e Pitanga. A programação continua nas duas próximas semanas, com mais cinco encontros nas regiões Oeste, Sudoeste e nos Campos Gerais.

A proposta é fortalecer o sentimento de união entre os produtores rurais paranaenses e fomentar o surgimento de novas lideranças no campo. Nas edições anteriores, em 2019, 2022 e 2023, o Encontro Regional de Líderes Rurais reuniu mais de 3,5 mil participantes, com o envolvimento de 135 sindicatos rurais, o que demonstra o poder de atração e a grande capilaridade do evento.

O presidente do Sindicato Rural de Guarapuava, Rodolpho Botelho, iniciou a fase de discursos trazendo a importância da formação de novas lideranças rurais para o fortalecimento do sistema sindical e do setor agropecuário.

"A liderança deve ser formada e adaptada conforme as necessidades. Você pode pensar: 'eu não sou líder', mas o que se procura é justamente despertar o interesse de produtores e produtoras rurais, que não precisam ser a liderança do município, mas a liderança da sua propriedade, da sua empresa, da sua família", afirmou. "A função como lideranças é conquistar mais gente para dentro do sindicato rural. Quanto mais gente, mais força temos para dialogar com deputados, vereadores e prefeitos", ponderou Botelho.

O diretor secretário do Sistema FAEP/SENAR-PR, Livaldo Gemin, ressaltou a importância das pessoas que fazem parte da estrutura da entidade. "Precisamos reconhecer o trabalho de cada presidente de sindicato rural, cada mobilizador, cada instrutor do SENAR-PR, que, no dia a dia, nos ajudam a representar o produtor rural", destacou.

Já o diretor financeiro da entidade, Paulo Buso, destacou a importância da formação de novos líderes na base. "Aquilo que o Sistema FAEP/SENAR-PR busca é que essas lideranças possam fazer a diferença dentro das suas comunidades", adiantou.

O vice-presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Eduardo Meneguette, iniciou seu discurso parabenizando as mulheres pelo papel relevante que vêm desempenhando no meio rural. Na sequência, fez um apelo para que os participantes se envolvam em suas comunidades para garantir mais representatividade nos municípios.

"Conversar com os jovens, pois é preciso trazê-los para a mesa de discussão, para os conselhos de agricultura e de segurança. Neste fóruns que vamos fazer a diferença. É assim que funciona essa cadeia: a demanda vem da base, que são os produtores rurais. E nós do Sistema FAEP/SENAR-PR levamos essas demandas para a Assembleia Legislativa do Paraná e para Brasília, para garantir nossos direitos", exemplificou.

Em sua fala, a vice-presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR e coordenadora da Comissão Estadual de Mulheres da FAEP (CEMF), Lisiane Rocha Czech, destacou as ações das comissões locais espalhadas pelo Paraná, que vêm obtendo excelentes resultados. "As mulheres têm um compromisso muito importante: deixar para nossos filhos, para as futuras gerações, uma propriedade sustentável e rentável", afirmou.

GAMEFICAÇÃO

Uma das dinâmicas centrais do evento é um jogo de tabuleiro criado especialmente para esta edição do Encontro Regional de Líderes Rurais. Nessa atividade, o consultor do Sistema FAEP/SENAR-PR Claudinei Alves transforma cada mesa dos participantes em um sindicato rural, que deve atuar para agregar mais associados e oferecer bons serviços. Com isso, os jogadores conseguem compreender melhor o papel e a importância das entidades sindicais.

PROTAGONISMO SINDICAL

Outro ponto da programação do evento é a apresentação do Projeto Sindicato Protagonista, que prevê um conjunto de ações para que as entidades sindicais possam atingir um nível de excelência no atendimento aos produtores rurais.

Os sindicatos que aderem à proposta recebem uma consultoria que desenvolve um planejamento estratégico para aquela entidade, que deve ser executado ao longo de 12 meses. Apenas sindicatos rurais que possuem uma comissão local de mulheres instalada e atuante podem participar do projeto.

Na ocasião, a coordenadora regional da CEMF, que representa a comissão na região de Guarapuava, Adriana Botelho, agradeceu a confiança da diretoria do Sistema FAEP/SENAR-PR, que apostou no projeto. Na sequência, o presidente do Sindicato Rural de Prudentópolis, Edimilson Rickli, e a coordenadora da comissão de mulheres do município Rafaela Cousseau subiram ao palco para receber a placa que representa a adesão do sindicato rural ao projeto. Também aderiram os Sindicatos rurais de Guarapuava, Laranjeiras do Sul e Pinhão.

CAVALEIRO DAS AMÉRICAS

A palestra magna do evento foi proferida por Filipe Masetti, que ganhou notoriedade internacional ao percorrer um trajeto de 23 mil quilômetros a cavalo entre o Alasca, nos Estados Unidos, e Ushuaia, na Patagônia argentina, num trajeto que atravessou as três Américas. O feito lhe rendeu a alcunha de "Cavaleiro das Américas" e proporcionou, além de livros e documentário, um filme que está sendo produzido para contar a história da travessia de Masetti.

Em sua fala, Masetti destaca a importância de mantermos nossos sonhos vivos e nunca desistirmos. "Você só vai viver o seu propósito quando você agarra as rédeas da sua vida", ensinou.

Deixe seu comentário: