AgronegóciosEditais - Eleições 2020EducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
FISCALIZAÇÃO

Equipe PRF de Guarapuava participa de operação na Lapa

Operação Serra Segura ocorre em várias regiões do País

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021 - 10:07:00

Na data de ontem (25 de fevereiro) a Polícia Rodoviária Federal (PRF) executou a Operação Serra Segura na praça de pedágio de Lapa (PR) (terceira vez no local). A operação já ocorre em diversos locais do país e visa fiscalizar, principalmente, irregularidades nos sistemas de freios, suspensão, direção e sinalização de veículos de cargas, além de promover a saúde dos profissionais do transporte.

Veículos de carga, devido dimensões e peso, sofrem grandes desgastes mecânico e, sem manutenção adequada, aumentam o risco de causar acidentes, além de encarecerem o custo do transporte. A fiscalização ocorreu envolvendo equipes da PRF de Guarapuava e São Mateus do Sul, além de uma equipe de enfermeiros e mecânicos da Concessionária Caminhos do Paraná.

Durante a fiscalização dos veículos, os mecânicos faziam a avaliação geral do sistema de frenagem e direção e após a fiscalização da documentação e devidas orientações, o motorista era encaminhado para fazer uma avaliação da saúde com a equipe de enfermeiros.

Ao total foram fiscalizados 37 veículos, sendo lavrados 68 autos de infração em razão de diversas irregularidades. 08 veículos foram removidos, por não apresentarem condições mínimas de segurança para prosseguir a viagem. Outros 15 tiveram o documento retido e receberam um prazo para efetuar a regularização e apresentação do veículo com as irregularidades sanadas.

Durante a fiscalização foram constatadas várias irregularidades, destacando-se o incorreto acondicionamento, amarração e transporte da carga transportada. A Resolução 552/15 do Contran define normas para amarração de cargas e determina que os itens transportados devem estar presos com cintas têxteis, correntes ou cabos de aço, salvo o transporte de cargas que tenham regulamentação específica ou aquele realizado em veículo dedicado a transportar determinado tipo de carga, o qual possua sistemas específicos de contenção, como por exemplo, as cargas indivisíveis. Identificada a irregularidade, o condutor é autuado e orientado de como deve ser feito o transporte adequado, devendo regularizar a situação para prosseguir a viagem.

Esse modelo de operação promove o aumento da segurança viária, pois tira de circulação os veículos sem condições mínimas de segurança, regulariza o transporte irregular e orienta os motoristas em dúvidas pontuais.

(Com PRF)

COMENTÁRIOS