AgronegóciosEditais - Eleições 2020EducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
CLANDESTINA

Em meio à pandemia, Polícia Militar interrompe festa rave no Distrito do Guará, em Guarapuava

Segundo a polícia na festa haviam aproximadamente 150 pessoas

domingo, 13 de setembro de 2020 - 10:38:00

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a Polícia Militar (PM) acabou na noite deste sábado (12 de setembro), com uma festa rave que acontecida em uma chácara no Distrito do Guará, em Guarapuava.

De acordo com a polícia, por volta das 02h45, em atendimento a diversas denúncias via 190 quanto a perturbação do sossego, relatando que além do som alto havia aglomeração de aproximadamente 50 pessoas em uma chácara no interior do Distrito do Guará, equipes da Rádio Patrulha, do Oficial CPU e do Choque deslocaram até o local. Foi realizada abordagem e foi constatado que e se tratava de uma festa rave, com aproximadamente 150 pessoas, sendo prosseguido com revista pessoal em todos os abordados assim como revista veicular sendo que nada de ilícito foi encontrado, porém, ao realizar consultas pessoais no sistema foram identificados em meio a aglomeração quatro menores de idade.

Uma jovem, de 24 anos, foi identificada como sendo a pessoa responsável pelo evento. Ainda segundo a polícia, foi solicitado a presença da equipe do trânsito com o bafômetro para verificar possível ingestão de bebida alcoólica, sendo constatado que quatro adolescentes fizeram ingestão de bebida comprovada pelo teste do bafômetro, dentre os adolescentes um deles, de 16 anos, estava na companhia do pai, de 37 anos, o qual foi encaminhado também por fornecer bebidas alcoólicas a menor de idade.

As equipes policiais orientaram todos os participantes do evento quanto a aglomeração de pessoas e foram liberados. Foi encaminhado também um equipamento de som para a 14ª SDP pela perturbação do sossego, os proprietários da chácara fizeram-se presentes e alegaram que haviam cedido a chácara para uma janta de aproximadamente 20 pessoas sem contrato assinado.

COMENTÁRIOS