AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
EM GUARAPUAVA

Profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociências se reúnem para discutir marcos normativos das profissões

Reunião é preparatória para o 10º Congresso Estadual de Profissionais

terça-feira, 12 de março de 2019 - 16:17:00

Nesta terça feira (12 de março), a partir das 18h30, profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociências cadastrados na regional de Guarapuava do Crea-PR (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná), instituições de ensino, entidades de classe e acadêmicos dos cursos afetos participarão da reunião preparatória para o 10º Congresso Estadual de Profissionais.

O evento ocorrerá na sede da  Associação dos Engenheiros Agrônomos da Região de Guarapuava (AEAGRO), localizada na Rua Itapemirim esquina com a Rua Ivaiporã, no Bairro Boqueirão, e tem como objetivo reunir os profissionais e a comunidade acadêmica para discutir e propor melhorias normativas para o Sistema Crea/Confea/Mútua que impactarão as profissões afetas.

Para o Gerente da Regional de Guarapuava do Crea-PR, Thyago Giroldo Nalim, esta reunião preparatória é o primeiro passo para propor os marcos normativos que serão definidos no 10º Congresso Estadual de Profissional, evento sediado em Foz do Iguaçu entre os dias 31 de julho e 2 de agosto.

“Nosso objetivo com o evento de hoje é discutir e propor melhorias ao nosso sistema, além de pensar em políticas públicas para serem avaliadas pelos profissionais de todo o país. Na inspetoria de Guarapuava, nosso foco será realizar essas proposições e encaminha-las para a próxima etapa, que é a etapa regional que vai congregar todas as inspetorias de nossa regional, no dia 8 de abril", explica o Gerente.

Na etapa preparatória em nível regional que ocorrerá em abril, serão apresentadas as proposições levantadas no evento desta terça feira (12) e, depois de validadas, finalmente serão encaminhadas para discussão no 10º Congresso Estadual de Profissionais.

COMENTÁRIOS