AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
BORA PRA ÁGUA?

Adultos podem (e devem) vencer o medo ou vergonha e aprender a nadar

Primeiro estilo Natação disponibiliza profissionais capacitados para quem quer aprender a nadar em qualquer idade

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019 - 14:53:00

A chegada do verão anima a todos, independente da idade, a pular na água. Porém, muitas pessoas ficam apenas na vontade, pois não sabem nadar. “Não existe idade para aprender, é preciso persistência, vontade e determinação para enfrentar a água, seja nas piscinas, rios, lagos ou no mar”, explica Eduardo Piegues, professor de natação da Primeiro Estilo Natação, de Guarapuava.

Saber nadar permanece até hoje como uma questão importante na vida do ser humano. Considerada uma atividade completa, a natação mexe com a musculatura do corpo inteiro e auxilia no desenvolvimento mental. “É justamente com o objetivo de promover o crescimento corporal e social que muitos pais incentivam, desde cedo, os filhos a praticarem o esporte. Algumas pessoas, porém, não tiveram oportunidade de fazer parte dessa realidade aquática na infância, mas nem por isso desistiram de aprender”, destaca Eduardo.

Na avaliação do professor, há muita dúvida também sobre o tempo que um adulto leva para aprender a nadar. “A natação não é uma fórmula pronta. Cada pessoa tem um corpo diferente e tem seu próprio tempo. Por isso, aprender a nadar depende muito do desempenho do próprio aluno, do seu interesse e, principalmente, da sua vontade. Mas não há como afirmar que em tanto tempo uma pessoa adulta aprende a nadar”, afirma.

ADULTOS

Como a natação é um esporte que não tem idade, a iniciação de adultos tem sido cada vez mais comum — muitos deles porque ainda não aprenderam a nadar, outros porque buscam vencer o medo e realizar um antigo sonho. Para aprender a nadar, é imprescindível um acompanhamento profissional e entender que o único empecilho nessa missão é você mesmo. A vergonha, porém, ainda é uma barreira na hora do aprendizado.

“Além de superar os medos, as aulas ajudam a aumentar a segurança, a autoestima, a saúde e a incrementar outras atividades físicas combinadas com a natação. Elas também garantem que o apoio em grupo pode ser fundamental para o desenvolvimento das aulas”, acrescenta Eduardo.

No caso dos adultos, é ensinada uma técnica diferente da que é passada para crianças. O adulto carrega uma bagagem de experiências, medos e, naturalmente, já tem noção do perigo, ao contrário das crianças, que são destemidas e não têm ideia da periculosidade da água — a menos que ela já tenha sofrido algum trauma. Nadar é um ato simples, mecânico e jamais esquecido.

Existem oficialmente quatro estilos de natação: crawl, costas, peito e borboleta. Mas, para o professor de natação da Primeiro estilo, Eduardo Piegues, o mais importante é a adaptação do aluno na água. “O mais difícil não é nadar os quatro estilos. Mas, sim, a sua adaptação na água, sentir a temperatura e entender o que está acontecendo com você. A partir do momento que começa a sentir isso, aí é só relaxar”, explica o professor.

INICIAR

Ser um adulto iniciante na natação e ter fobia de água (hidrofobia) são coisas bem distintas. “O iniciante apenas não teve oportunidade de aprender a nadar na infância por algum contratempo da vida. Já quem tem fobia de água sofreu algum trauma, e é necessária uma espécie de terapia durante as aulas. Desse modo, a pessoa tenta superar os medos e as dificuldades dentro da água. Por isso, é importante sempre ter acompanhamento profissional quando for aprender”, destaca Eduardo.

O tempo de aprendizado é muito relativo. Cada um tem seu tempo e seus limites. “O importante é ressaltar que todos são capazes de aprender, independentemente de idade, sexo, altura ou peso. Basta relaxar e sentir prazer de estar dentro da água. Mergulhar de vez na natação é um importante passo na vida dessas pessoas, é preciso muita paciência e tranquilidade. Ao lidar com um trauma, a pessoa está lidando com emoções. O importante é perceber que além de a natação trazer benefício para a saúde, ela é uma fonte de sobrevivência e de lazer”, conclui o professor.

PRIMEIRO ESTILO NATAÇÃO

Que tal ser integrante da Academia de Natação que realmente se preocupa com os alunos e realiza ações sociais junto à comunidade guarapuavana? Além disso, conta com uma estrutura e profissionais habilitados para atender a você e sua família?

Primeiro Estilo Natação, rua Almirante Didio Costa, 1480, Guarapuava. Fone - (42) 3622-5241

 

COMENTÁRIOS