Valdemar Jorge, secretário de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes (Foto: Fabio Ribas)

Com o objetivo de criar um Plano Regional de Desenvolvimento, a Secretaria de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes reuniu lideranças regionais em Guarapuava nessa sexta feira (08 de outubro). Durante o encontro, o secretário estadual Valdemar Bernardo Jorge apresentou o Programa Paraná Produtivo, que reúne um levantamento completo da realidade econômica e social de todos os municípios do Paraná, divididos em oito regiões. “Este estudo é o suporte para que os municípios entendam suas necessidades e apresentem suas demandas. O próximo passo, no dia 25 de novembro, será a realização de oficinas de priorização, onde serão definidas as metas regionais e que serão inseridas no Plano Regional de Desenvolvimento, elaborado de acordo com as necessidades de cada uma das oito regiões definidas pelo Programa”, explicou o secretário.

TRABALHO EM CONJUNTO

Na avaliação de Bernardo Jorge, o Plano Regional de Desenvolvimento será efetivado na prática com o apoio dos governos estadual e municipais, com a parceria das universidades, cooperativas, associações comerciais, sindicatos e demais entidades organizadas. “É um trabalho conjunto, onde o objetivo é gerar emprego e renda para a população. Não vamos descansar enquanto todos os paranaenses não tiverem emprego e estiverem se desenvolvendo. Este é o maior programa de desenvolvimento coletivo já colocado em prática no Paraná”, afirmou o secretário.

PRINCIPAIS DEMANDAS

Até o momento, as principais demandas apresentadas pelos municípios do Estado são a efetivação de internet nas áreas rurais e maiores investimentos em educação. “Os municípios entendem que os jovens, quando não têm internet acessível, deixam o campo e migram para a cidade. E não voltam mais para o campo, isso é fato. Outro ponto é a educação, que deve priorizar o ensino superior, fazendo, mais uma vez, com que os jovens permaneçam em seus municípios, não precisam buscar cursos superiores em outras cidades”, explicou Valdemar Jorge.

Outros setores levantados pela pesquisa do Programa Paraná Produtivo são: investimentos em estradas e a atração de agroindústrias (transformação da produção local em produto final industrializado).

“Este Programa será fundamental para contribuir com a retomada do desenvolvimento do Paraná no período pós pandemia. Ele será colocado, efetivamente, em prática já a partir de 2022 e será decisivo para alavancar o desenvolvimento regional, em cada uma dessas oito regiões estabelecidas. Será a base de um novo momento econômico que o Estado vai conquistar”, concluiu Valdemar Jorge.

Para maiores informações sobre o programa e ter acesso aos dados sociais e econômicos dos municípios do Estado, acesse: www.paranaprodutivo.com.br

Deixe seu comentário:

Veja Mais