AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
FAZENDO O BEM

Chá beneficente em prol do pequeno Gabriel promete muita música e mágica na tarde deste sábado (17), em Guarapuava

Evento terá início às 16h no no Gresga. Garanta seu convite

sábado, 17 de agosto de 2019 - 13:00:00

Que tal passar uma tarde diferente, divertia, gostosa e repleta de alegrias, emoções e ainda ajudar o pequeno Gabriel? Gostou da ideia? Então você não pode perder o Chá beneficente que acontece neste sábado (17 de agosto), no Gresga, que fica na rua Doutor Laranjeiras, número 84, em Guarapuava.

O evento que tem como objetivo arrecadar dinheiro para ajudar nas despesas que a família do pequeno Gabriel tem com ele, tem início às 16h e os convites podem ser adquiridos pelo valor de R$10,00 na hora ou antecipado entrando em contato com a organização do evento pelo telefone (42) 9947-9547 (João), (42) 99952-1948 (Noilves), (42) 99806-5796 (Adenilso) ou (42) 99871-7966 (Vânia).

A música durante o chá ficará por conta da dupla Murilo Souza e Vinícius. Outra apresentação será a de um dos mágicos mais descolados do Brasil que tem mais de 10 milhões de viwes na internet , Andrey Mandrake.

HISTÓRIA GABRIEL

Prestes a completar seus três anos de idade, no dia 24 de maio de 2018  o pequeno Gabriel precisou de atendimento médico, devido a um resfriado. Seus familiares se dirigiram a uma unidade de urgência e emergência na cidade de Guarapuava, onde segundo a família, por um erro na dosagem da medicação ( sulfato de magnésio) agora vive sem conseguir se movimentar, andar, falar e até mesmo dificuldades para respirar.

Após complicações de saúde o menino passou a depender de tratamento com médicos especialistas e técnicas diferenciadas que não são subsidiadas pela saúde pública. Desde então a famílias do pequeno vem contando com a ajuda das pessoas para conseguir custear as despesas.

O caso de Gabriel é apurado pelo Ministério Público. O procurador Alfredo Dal Lago é o responsável pela investigação.

(Foto: Reprodução/Facebook)

COMENTÁRIOS