AgronegóciosEducaçãoEsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
PEDIDO ATENDIDO

CEMEI Airton Senna ganha travessia elevada após cobranças ao Comutra

O pedido foi feito pelo Vereador Danilo Dominico que criticou a demora de respostas do Comutra

quinta-feira, 29 de junho de 2017

O CEMEI do Núcleo Airton Senna a instalação de travessia elevada na Rua Marechal Deodoro. O redutor de velocidade era uma preocupação antiga de moradores e pais de criannças que frequentam a creche. O local faz a ligação dos bairros Boqueirão e Vila Bela, além de ser trajeto de acesso ao Centro da cidade e demais bairros. O pedido foi feito pelo Vereador Danilo Dominico (PSD) que criticou a demora de respostas do Comutra (Conselho Municipal de Transportes e Sinalização) que é o responsável por analisar as solicitações de sinalização, considerando questões técnicas e a legislação de trânsito.

"Realizamos inúmeros pedidos ao Comutra e até agora não recebemos nenhuma resposta, nem sequer um sim ou um não. Nós vereadores é que precisamos dar reposta a população e este Conselho não nos dá satisfação. Pedi travessia elevada na creche do Airton Senna, em frente a Capela Mortuária do Batel, temos muitos pedidos de sinalização, de semáforo na cidade. O primeiro pedido foi em fevereiro e não recebi nenhum retorno. A população nos pede e fazemos o nosso papel de encaminhar ao Comutra. Mas não sei onde está o comando do Comutra, não sei se os conselheiros estão atuando de fato", criticou o Vereador há duas semanas em pronunciamento em sessão ordinária.

Após a cobrança o Comutra encaminhou através de um conselheiro respostas aos gabinetes de todos os vereadores que haviam realizado solicitações. Dominico voltou a utilizar a tribuna para agradecer aos pedidos atendidos, mas questionou alguns pareceres negativos. "Criticamos a falta de respostas e deu resultado. Todos os vereadores receberam respostas. Quero agradecer pelas respostas do comando do Comutra e aos conselheiros. Tivemos dois pareceres positivos, a travessia na creche do Airton Senna e uma lombada na Avenida Salvador Gomes, na Vila Planalto. Mas gostaria de destacar um parecer negativo para travessia na Capela Mortuária do Batel em que o conselheiro diz ter passado várias vezes no local e não ter notado movimento ou veículos em alta velocidade", destacou o Vereador.

O parecer gerou descontentamento de outros vereadores como Elcio José Melhem (PP) e Professor Serjão (PT) que residem próximo ao local e recebem muitos apelos de moradores por um redutor na via onde veículos passam em alta velocidade, inclusive com relatos dos chamados rachas em uma rua de grande extensão e com movimento constante de pedestres, incluindo crianças e idosos, devido aos velórios na capela. Melhem chegou a solicitar uma cópia do parecer e criticou duramente o documento.

"É um absurdo um documento com apenas vinte e oito palavras dando parecer negativo. Quem tem conhecimento de causa são engenheiros. Eu moro próximo do local e sei que os veículos passam em alta velocidade. Precisamos fazer a reformulação do Comutra e expurgar conselheiros que não têm as mínimas condições. Tem muitas travessias que foram construídas em locais que não passam veículo algum. Eles deferem quando é para passar nas ruas de suas casas. É um absurdo um parecer com menos de trinta palavras, não deu nem duas linhas. Isso é parecer de quem conhece legislação de trânsito?", questionou o líder do executivo.

População se manifesta
Moradores de diferentes locais da cidade estão relatando nas redes sociais a preocupação com acidentes constantes em cruzamentos e com a segurança de pedestres criticando a falta de sinalização e solicitando redutores de velocidade. Na quarta-feira (28) moradores do Tancredo Neves realizaram manifestação pedindo mais redutores para evitar acidentes e reforçar a segurança no trânsito.

 

COMENTÁRIOS