AgronegóciosEducaçãoEsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
CONDENADO

Homem é condenado a 18 anos de prisão por morte de ex-companheira

Segundo a polícia, Rafael Uchak agrediu Ana Larissa Gonçalves até a morte, em outubro de 2016. Ele foi considerado culpado pelos crimes de feminicídio, homicídio qualificado por motivo torpe e asfixia.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Por G1 Paraná

O homem acusado de matar a ex-companheira em Guarapuava, foi condenado a 18 anos de prisão nesta quarta-feira (17). Segundo a polícia, Rafael Uchak agrediu Ana Larissa Gonçalves até a morte, em outubro de 2016.

A audiência começou pela amanhã e seguiu até o fim da tarde, no Fórum de Guarapuava. Após o interrogatório do réu, o júri popular considerou que ele é culpado pelos crimes de feminicídio, homicídio qualificado por motivo torpe e asfixia.

Relembre o caso
De acordo com a polícia, a mãe de Ana encontrou o corpo da filha em casa, no bairro Santa Cruz, e chamou os policiais. Na residência, além da vítima, estava apenas a filha do casal, de 4 anos.

Pouco tempo depois, o companheiro de Ana foi encontrado hospedado em um hotel pela polícia. Ainda conforme a polícia, a vítima já tinha registrado boletim de ocorrência contra o companheiro e ele já tinha passagens pela polícia.

 

 

COMENTÁRIOS