AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos

Boca de Caçapa!

por: Bárbara Franco

quarta-feira, 20 de junho de 2018 - 18:26:00

Não tenho outro termo a não ser Boca de Caçapa,( Que tem a boca grande, fala coisas negativas), para definir o que os brasileiros fizeram na Rússia contra uma jovem estrangeira, aparentemente russa.

Como todos bem sabem ou ao menos ouviram sobre o caso, não vou me ater a detalhes sobre o fato em si, até mesmo para não dar mais Ibope para uma ação tão ridícula e desprezível que estes homens fizeram.

O que quero ressaltar desta situação tão baixa e chula (Pessoa ou ação ordinária, rude, grosseira, burlesca), que isso foi deplorável e pior ainda é imaginar que essas pessoas são as que se deparam com situações e até mesmo atendem atos como estes que eles próprios promoveram.

Agora me pergunto como um advogado, um policial em sua profissão age neste casos? Como eles defendem ou protegem vítimas de ações que os próprios promovem? Detalhe segundo matéria públicada no Portal G1 (confira a matéria aqui), diz que "O próprio policial, o tenente Eduardo Nunes, participou de uma ação de conscientização em Santa Catarina. Ele foi um dos entrevistados em uma reportagem exibida no Jornal do Almoço, da NSC TV, no Dia Internacional da Mulher em março. O tenente falou sobre ações para combater o assédio na saída das universidades". 

Atitudes como estas de pessoas que deveriam proteger, cuidar zelar do próximo, me deixam mais insegura e levam a crer que não sei que tipo de seres humanos e profissionais estão se formando neste País e que definitivamente o ser humano deu errado!

Ah! mas podemos dizer que tudo não passou de uma brincadeira idiota e sem graça... Pode até ser que em um ato inconsequente, em um momento de impulso não tenham pensado no tamanho da gravidade e o peso das palavras usadas e mais ainda em suas consequências. Que isso sirva para todos nós e que pensemos mais antes de sairmos por aí falando ou berrando qualquer coisa achando que nada passa de uma brincadeira. Cuidado que  atos inconsequentes podem se voltar contra si próprio. Não tenho dúvidas que os responsáveis por este episódio, não aprenderam pelo amor, e sim pela dor, e hoje se remoem com o peso que estão carregando sobre uma ação imbecil e inconsequente.

Minha gente... o que precisamos é um pouco mais de humanidade e um TÃOTÃO de respeito, só isso, e parar de achar que “brincadeiras” escrotas são apenas brincadeiras e passar a entender que certas palavras são ofensas. #FORAMACHISMO #MAISRESPEITO #MAISAMORPORFAVOR #PAZEAMOR

OSB: INFELIZMENTE ESTE É UM DOS CASOS DE MACHISMO QUE PRESENCIAMOS, MAS TEM MUITOS POR AÍ.

(Foto: Ilustrativa)

COMENTÁRIOS





Segue o baile

Bárbara Franco

Jornalista, canceriana e sócia proprietária do site GRmais Notícias. Um tanto quanto curiosa e com uma mania estranha em querer salvar esse mundão de Deus. Ela é Bárbara!

Mais textos de Bárbara Franco