AgronegóciosEducaçãoEsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
GUARAPUAVA

Abertura da Copa do Mundo Escola de Campeões reúne centenas de atletas

Atividades aconteceram na quadra sintética do Parque do Lago

segunda-feira, 16 de abril de 2018 - 16:49:00

O torneio de abertura da Copa do Mundo Escola de Campeões, realizado pela Secretaria de Esportes e Recreação, na quadra sintética do Parque do Lago, reuniu centenas de competidores em quatro categorias: Sub 7, Sub 9, Sub 11 e Sub 13, nesse sábado (14). "Nosso objetivo com o torneio de abertura, foi apresentar as equipes e os atletas das categorias que disputam a competição. No primeiro dia de jogos foram apresentadas 13 das 29 equipes participantes. Os jogos contaram com os atletas que fazem parte do Projeto Escola de Campeões e de seus familiares e amigos, que torceram pelos times. Ficamos muito felizes com os resultados dessa iniciativa", destacou o secretário de Esportes e Recreação, Pablo Almeida.

A Copa do Mundo Escola de Campeões é baseada na Copa do Mundo de Futebol da Rússia 2018. Para o treinador dos times Tancredão e Vila Bela, Regis Dolens, as equipes estavam muito bem organizadas e os resultados dos jogos foram satisfatórios. "Os garotos estavam animados. Pudemos ver o quanto eles se empenharam nos jogos, desenvolvendo as habilidades que aprenderam no projeto. Competições assim ajudam as crianças se socializarem e interagirem uns com os outros, adquirindo por meio do esporte maturidade para a vida toda", avaliou o treinador.

João Vinicius Queiroz Hyczy, 12 anos, da equipe da Dinamarca, gostou muito de participar do torneio. "O futebol é o esporte que eu mais me identifico. Foi muito legal participar com meus colegas dos jogos", disse.  Para Juliana Barbosa Negreli, mãe de um dos atletas, o esporte é um incentivo para as crianças seguirem um bom caminho. "Meu filho teve muita influência do pai, que também pratica futebol. É a primeira vez que eu o acompanho, e agora, observando a maneira de como ele se dedica, estou muito orgulhosa e quero acompanhá-lo mais vezes", afirmou a Juliana, mãe do jogador Erick Barboza Negreli, oito anos. 

(Foto: Secom)

COMENTÁRIOS