AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
MISTÉRIO

Aeroglifo que surge na Grã-Bretanha é comparado ao de Prudentópolis

Caso foi divulgado nessa segunda (14), pela Revista UFO

terça-feira, 15 de maio de 2018 - 07:51:00

A Revista UFO recebeu, por parte do pesquisador Gary King, informações a respeito da descoberta do primeiro agroglifo da temporada 2018 na Grã-Bretanha. O sinal surgiu em Willoughby Hedge, Nr Mere, Wiltshire, e foi anunciado em 8 de maio último. Um círculo externo envolve uma figura de seis pontas, dividida em dois elementos principais, e na junção destas saem quatro das pontas, que terminam no mesmo número de círculos menores no exterior da figura.

O desenho foi comparado a um inseto da família Gerridae, popularmente conhecido como aranha d´água no Brasil, que são vistos em áreas alagadas e conseguem andar sobre a superfície da água. Algumas interpretações alegam que a mensagem do desenho de fato se refere ao inseto, e é a busca por um modo de vida mais sustentável. Ainda houve comparações com antigos símbolos cristãos. Outros apontam sua relativa semelhança com o agroglifo surgido em Prudentópolis, cidade situada a 200 km de Curitiba, Paraná, em 27 de setembro de 2016.

Naquela ocasião, a Revista UFO realizou uma série de investigações de campo no agroglifo, encontrando todos os sinais que inequivocamente confirmaram sua autenticidade. Amostras foram analisadas por cientistas, como o engenheiro agrônomo e engenheiro civil Douglas Albrecht, que comprovou que as plantas foram dobradas de forma semelhante ás formações inglesas, e restos orgânicos carbonizados nas amostras. Além disso o professor doutor Fernando Araújo Moreira, professor titular do Departamento de Física da UFSCar, realizou detalhadas pesquisas sobre crescimento de bactérias, constatando que estas se reproduziam em maior quantidade nas amostras colhidas fora do agroglifo.

COMENTÁRIOS