AgronegóciosCafé DiárioEducaçãoEsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaTrânsitoVapt-VuptVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
GREVE NO PARANÁ

Greve na educação continua por tempo indeterminado no PR

A APP-Sindicato informa que a greve dos educadores começou nesta quarta-feira (15) e é por tempo indeterminado

quarta-feira, 15 de março de 2017

O primeiro dia da greve dos professores e funcionários de escolas da rede estadual de ensino foi extremamente positivo. De acordo com as informações da APP-Sindicato, mesmo com as ameaças do governo do Estado, mais de 90%, das 2.200 escolas estaduais, permaneceram fechadas. São mais de 120 mil trabalhadores que iniciaram, hoje, dia de mobilização nacional, uma greve por tempo indeterminado.

Uma mostra da adesão foi o ato gigantesco realizado, na manhã desta quarta-feira, em Curitiba: mais de 40 mil pessoas – de diversas categorias – nas ruas.

Dezenas de ônibus com representações das várias regiões vieram para o ato. Ao mesmo tempo, atos regionais foram promovidos em várias cidades, como Foz do Iguaçu, Londrina, Cascavel e Maringá. No final da tarde de hoje, o comando estadual de greve dos educadores se reunirá. Formado por representantes dos 29 núcleos sindicais da APP, o comando fará uma avaliação da paralisação e da negociação com a Secretaria de Estado da Educação do Paraná.

No momento, não há nenhuma definição de realização de uma assembleia da categoria. Se houver, o sindicato deve fazê-lo com, no mínimo, 24 horas de antecedência. Mas esta decisão deverá ser analisada pelo comando de greve.

Dia seguinte
A greve continua e também as mobilizações. Nesta quinta-feira, dia 16, a partir das 9h, será realizado um ato público em frente ao Palácio Iguaçu, no Centro Cívico de Curitiba. Às 14h, no mesmo local, as entidades – sindicato, Centrais e movimentos sociais – promovem uma aula pública sobre a previdência. Paralelamente, os núcleos sindicais da APP promovem atos regionais e aulas públicas em vários municípios do Estado.

COMENTÁRIOS