AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
VIOLÊNCIA

Ex-padrasto que raptou menina em Guarapuava já respondia por estupro contra a criança

Ele foi preso ontem (13), em Blumenau

sexta-feira, 14 de setembro de 2018 - 11:55:00

A Polícia Civil de Blumenau prendeu ontem (13 de setembro) um homem suspeito de ter seqüestrado a ex-enteada de 11 anos, na última terça feira (11), em Guarapuava. O suspeito, de 29 anos foi preso em flagrante pela equipe da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) no bairro Vila Nova.

Segundo a DPCAMI, a criança que vivia em Blumenau foi morar na casa da avó em Guarapuava. De acordo com a Polícia Civil, o homem teria se separado da mãe da menina. A investigação ainda aponta, conforme o delegado David Sarraf, que a separação ocorreu por suspeita de que ele tenha praticado delito de estupro de vulnerável. Há, inclusive, um inquérito policial em fase de conclusão sobre o caso.

“Após essa suspeita, a menor passou a morar com a avó, em Guarapuava. A mãe e o ex-padrasto continuavam morando em Blumenau. Apesar da proibição de contato pelos responsáveis legais da menor e pela separação, o homem continuou entrando em contato com a criança, alugou um apartamento planejando viver com ela aqui em Blumenau”, afirma o delegado Sarraff.

O delegado ainda diz que o homem é suspeito de ter ido até a cidade de Guarapuava com o objetivo de trazer a menor para viver com ele. O trabalho de investigação começou a partir do registro de ocorrência que a mãe da garota fez na Polícia Civil de Guarapuava.

“Colhemos demais indícios que apontavam que o ex-padrasto seria o principal suspeito, o abordamos e ele confessou que estava com a menor e nos levou até o apartamento alugado em que ela ficava sozinha e trancada durante o dia, no bairro Vila Nova”, conta o delegado.

Segundo o delegado David Sarraff, o homem vai responder por sequestro qualificado pela menoridade e pela motivação com fins libidinosos. A criança será entregue para a mãe.

(Com Marcio Mello)

COMENTÁRIOS