AgronegóciosEducaçãoEleições 2016EsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaTrânsitoVariedades
ColunistasVídeosÚltimas

Derrubando invictos e seguindo com chances

por: Márcio Nei dos Santos

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Os dias que marcaram o início dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro trouxeram ótimos resultados para a equipe do Poker/Óleo Leve/Guarapuava Futsal, o representante guarapuavano na Liga Nacional de Futsal (LNF) e no Campeonato Paranaense de Futsal (Série Ouro). No sábado passado (dia 6), o time viajou até a cidade de Lajeado, no Rio Grande do Sul, e venceu a Alaf pelo placar de 4x2 (os gaúchos, até então, estavam invictos jogando em seus domínios). Na quarta-feira (10), a delegação guarapuavana enfrentou mais uma viajem longa, até a cidade de Marechal Cândido Rondon, no estremo oeste paranaense, onde superou a Copagril Futsal por 5x3 (foi a primeira derrota do time rondonense jogando em sua casa, na temporada de 2016). Os dois triunfos longe da torcida deixaram o Poker com chances reais de atingir seus objetivos em ambos os campeonatos: na LNF, a equipe briga para ficar entre os 16 melhores para entrar na fase dos "mata-matas". Já no estadual, a meta é terminar a primeira fase na liderança para ter um grupo (teoricamente) mais fácil na segunda fase e ter vantagem nas fases dos playoffs.

Na Chave Ouro, o Guarapuava Futsal está na segunda colocação, com 37 pontos ganhos, mas o detalhe é que o time jogou duas vezes a menos que o líder, Keima Futsal (Ponta Grossa), que soma 42. Além disso, os dois rivais terão um confronto direto na semana que vem, no ginásio Joaquim Prestes. Antes disso, os guarapuavanos recebem o Toledo Futsal neste sábado (dia 13) quando poderão encostar de vez nos ponta-grossenses. Ou seja: neste momento, tudo conspira à favor para que o atual campeão paranaense termine a primeira fase na primeira colocação.

Já na Liga Futsal, a situação, mesmo com a vitória sobre a Alaf, parece ser um pouco mais complicada. Em parte porque só restam dois jogos para a definição da fase classificatória e, também, porque as duas partidas que restam devem ser complicadas para os guarapuavanos na próxima segunda-feira (dia 15) o desafio será na capital catarinense, contra o Floripa Futsal, e na última rodada, no dia 26/08, o adversário será o Magnus/Sorocaba-SP, equipe do ala Falcão, atual campeão mundial, no ginásio Joaquim Prestes. Contudo, os últimos resultados fora de casa, trazem uma boa perspectiva para a partida de Santa Catarina, enquanto, na rodada final, a expectativa é que a torcida guarapuavana faça a sua parte, apoiando a equipe no Joaquinzão.

Na classificação geral da primeira fase, o time de Guarapuava aparece em 17º, com 14 pontos ganhos. O Cascavel Futsal tem a mesma pontuação, mas leva vantagem por ter uma vitória a mais que os guarapuavanos. Também estão na disputa a Alaf-RS (18º, com 12 pontos), o Minas-MG (15º, com 16) e o São José Futsal-SP (14º, com 17). Mais acima, na classificação, estão Umuarama e Marreco Futsal, ambos com 18 pontos. Com esta "gordura extra", os dois times dificilmente ficarão de fora da segunda fase, no entanto, nenhuma possibilidade deve ser descartada.

Destas todas estas equipes, a Alaf parece ser a que menos tem chances, pois jogará duas vezes fora de casa, contra o Corinthians-SP e a Intelli/Orlândia-SP. O Cascavel Futsal enfrentará as mesmas equipes que a Alaf, mas ambos os confrontos serão em casa, no ginásio da Neva, em Cascavel (além disso, como foi excluído da Chave Ouro, devido à extinção da Fundeavel, os cascavelenses poderão se dedicar exclusivamente à LNF, o que pode fazer diferença em quadra). Já o Minas jogará fora de casa contra o Marreco e fechará a primeira fase em Belo Horizonte, recebendo o Jaraguá. Enquanto isso, o São José Futsal receberá a Assoeva-RS e jogará a última rodada em Marechal Cândido Rondon, contra a líder, Copagril.

É muito difícil prever algo, já que todos os confrontos devem ser bastante equilibrados, mas creio que as sequências mais difíceis são as da Alaf e do São José. Além disso, o confronto entre Minas e Marreco obrigatoriamente tirará pontos de um dos lados. Assim, acho totalmente possível que o Guarapuava consiga a classificação, mesmo que o Cascavel pontue nos dois compromissos que terá em casa. Enfim... só o tempo dirá se esta previsão está certa ou errada.

Novos contratados
Um fator que certamente está contribuindo bem para a boa fase da equipe foi a chegada dos novos jogadores: o pivô Tuiú, os alas Edimar e Jé e o fixo Cristian. Todos chegaram desacreditados, já que a tarefa de substituir Felipinho, Mauricinho e Diego Fávero não seria das mais fáceis. Além disso, nenhum é muito conhecido em nível nacional, o que levou muitos a duvidar de suas qualidades. No entanto, todos vem se destacando nos jogos, marcando gols e sendo fundamentais no esquema de jogo do técnico Banana. A primeira vista, a integração com o restante do elenco parece ter sido bem sucedida, já rendendo frutos nos resultados dentro de quadra. Se continuarem com o mesmo rendimento, devem trazer muitas alegrias à torcida de Guarapuava.

Dificuldades financeiras
Nem tudo, porém, é calmaria no dia-a-dia do clube guarapuavano. A falta de apoiadores ainda é uma problema real que se soma à baixa frequência da torcida nos jogos em casa. Com isso, a diretoria segue com dificuldades para cumprir todos os compromissos. Pelas redes sociais, o supervisor técnico, José Valter Liberato, fez um apelo para que a torcida volte a comparecer em peso para apoiar o time dentro de quadra e para dar um alívio no caixa do clube. Liberato ressaltou o empenho do grupo nos últimos jogos disputados:

- Venho fazer um apelo a você que gosta e torce por nós. Precisamos do seu apoio, vamos dar um crédito a este grupo. Sábado vamos lotar o Joaquinzao. Precisamos cumprir compromissos com este grupo de guerreiros que, mesmo na dificuldade, nunca deixaram de lutar pelo nosso time. Estão se doando, se entregando a cada jogo, passando por cima de obstáculos e jogando muito pelo amor a nossa camisa e respeito ao nosso projeto – testemunhou o supervisor.

Ingressos
Já estão disponíveis os bilhetes para o jogo deste sábado (13), às 20 horas, contra o Toledo Futsal. Os pontos de venda são o Ginásio Joaquim Prestes, o Posto Wouk da Rua Xv de Novembro, as Farmácias Trajano (Matriz, Santa Cruz, São Cristóvão e Santa Paula) e a Reptec Tecnologia. Os valores são de R$ 14,00 inteira e R$ 7,00 a meia entrada.

COMENTÁRIOS





Clique Esporte

Márcio Nei dos Santos

Graduado em Comunicação Social (Publicidade e Propaganda), atua como fotógrafo e repórter esportivo. Desde 2009, é redator do blog Clique Esporte.