AgronegóciosEducaçãoEsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
DESAFIO

Professor Cláudio Andrade é o novo presidente da ALAC

A escolha do nome de Cláudio Andrade como novo presidente aconteceu na última sexta feira na sede da academia

segunda-feira, 10 de julho de 2017

O professor Cláudio Andrade tem um novo desafio, agora em frente à presidência da Academia de Letras, Artes e Ciências de Guarapuava, a ALAC, onde seu novo foi escolhido na última sexta feira.

Conforme o novo presidente a participação na Presidência da ALAC é vista como uma ‘grande oportunidade’ para fazer algumas coisas que, para nós das Humanidades, não se trata de perfumaria, mas sim pautas necessárias em defesa da cultura e de nossa memória. Salve a ALAC, Salve Guarapuava histórica !

Em sua página no facebook, Andrade comunicou a todos a novidade.


Confira as palavras de Cláudio Andrade
Trago aqui boas novas ! Há uma frase de Aristóteles que sempre considero e compartilho a meus muitos alunos e alunas: "Interrogado sobre a diferença existente entre os homens cultos e os incultos, disse: A mesma diferença que existe entre os vivos e os mortos".

É com alegria que compartilho a todos vocês que neste sábado, dia 08 de julho, fui agraciado por meus pares da Academia de Letras, Artes e Ciências de Guarapuava ( ALAC ) como seu mais novo Presidente. Uma honra que, confesso, ainda não assimilei completamente. Entendo que algumas coisas em nossa vida precisam ser sagradas.

Só assim a vida tem sentido. Nós, todos nós, em algum momento da vida já obtivemos êxito e reconhecimento ou ainda ( alguns em atividade ) continuam obtendo êxito e reconhecimento, mas é muito importante que tenhamos um espaço especial para alimentar nosso conhecimento e compartilhar um pouco do que aprendemos e do que lemos.

É assim que vejo nossa histórica Academia de Letras, Artes e Ciências de Guarapuava e foi com esta intenção que me inscrevi em dado momento. Também não podemos desconsiderar, de forma coletiva, o bem que podemos fazer para a memória de nosso País , Estado e de nossa Cidade.

Entendo a participação na Presidência da ALAC como uma ‘grande oportunidade’ para fazer algumas coisas que, para nós das Humanidades, não se trata de perfumaria, mas sim pautas necessárias em defesa da cultura e de nossa memória. Salve a ALAC, Salve Guarapuava histórica !

 

COMENTÁRIOS