AgronegóciosEducaçãoEsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
INVESTIGAÇÃO

Instauração de CPI na Câmara Municipal pede investigação de funcionário da Prefeitura de Guarapuava

Conforme o vereador Serjão, o funcionário não está cumprindo seu papel na ouvidoria municipal, ganhando um subsídio consideravelmente alto

segunda-feira, 10 de julho de 2017

O vereador do PT, professor Serjão, apresentou na última sexta feira, em sessão extraordinária, um requerimento pedindo a instauração de uma CPI, onde pede a investigação de um funcionário do alto escalão da prefeitura Municipal de Guarapuava.

Conforme o vereador, o funcionário não está cumprindo seu papel na ouvidoria municipal, ganhando um subsídio consideravelmente alto


NOTA – ASSESSORIA VEREADOR SÉRGIO NIEMES
O vereador Sérgio Niemes, apresentou no dia  07/07/17, em sessão extraordinária, o requerimento de número 69/2017, que pede a constituição de uma Comissão Parlamentar de Inquérito - CPI, para que sejam investigadas possíveis irregularidades quanto ao servidor comissionado do alto escalão do Poder Executivo, o Secretário da Ouvidoria Geral, Luiz Inácio de Melo.

O referido secretário não está cumprindo com sua função e com sua carga horária efetiva junto à ouvidoria. Tendo em vista que o subsídio do alto escalão é consideravelmente alto, que no mínimo o secretário deveria ter residência no município, é dever do vereador fiscalizar irregularidades. Estamos cumprindo com o nosso papel, é insustentável nos dias de hoje ainda existir funcionários fantasmas em nosso município.

Após a apresentação do requerimento, acatado pelo presidente da casa, será instaurada a CPI, e o sorteio que decidirá os membros que irão compor a comissão, será na próxima sexta-feira, 14/07/17, em sessão extraordinária, às 15h.

A CPI terá duração de 90 dias, para que os fatos sejam apurados, sendo possível sua prorrogação por igual prazo.

COMENTÁRIOS