AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos

É a rotatória ou os motoristas que precisam mudar?

por: Rogério Thomas

quinta-feira, 10 de maio de 2018 - 21:20:00

Há alguns meses eu entrevistei o atual secretário de Trânsito de Guarapuava, Aírson Horst, e ele me dizia do grande desafio que estava assumindo: EDUCAR A POPULAÇÃO PARA O TRÂNSITO.

Passados alguns meses, Airson já conseguiu evoluir em muitos aspectos, mas o desafio continua. Se há acidente de trânsito que envolve dois corpos sólidos que seguem as mesas regras, é óbvio que um deles está errado e causou o impacto. Os motivos são muitos, como falta de atenção, pressa, o sentimento de “dá tempo”. E na absoluta maioria, esses motivos são causados por alguém que ainda não entende a importância da EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO.

Ser educado no trânsito não significa apenas saber ver e interpretar a sinalização. Significa o maior respeitar o menor. Significa sempre estar atento e pedir desculpas se errar, mas também desculpar se outro errar.

Rendo minhas homenagens ao secretário Airson, e torço com todas as forças possíveis, que esse desafio comece a dar resultado.

Como ele diz: O SEGREDO ESTÁ EM EDUCAR AS CRIANÇAS.

Por final, a rotatória na Rua XV, depois de centenas de acidentes, está sendo remodelada. Mas o eterno questionamento é se é a rotatória que precisa diminuir, ou os motoristas que passam por ali diminuirem a velocidade e serem mais atenciosos. O tempo dirá!

COMENTÁRIOS





Somos todos filhos do mesmo Deus!

Rogério Thomas

Formado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) em Comunicação Social - Bacharelado em Jornalismo. Já correu esse mundão de Deus, mas ainda não viu de tudo.

Mais textos de Rogério Thomas