AgronegóciosCafé DiárioEducaçãoEsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaTrânsitoVapt-VuptVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
ENSINAMENTOS

Colégio de Guarapuava desenvolve projetos com base na Campanha da Fraternidade

Alunos do colégio estadual Heitor Rocha Kramer, no bairro Alto Cascavel, desenvolveram trabalhos tendo a CF como base de estudos

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Por Diopuava
E a Campanha da Fraternidade (CF) deste ano, que trata dos Biomas Brasileiros, já começou a render bons resultados em Guarapuava. No último dia 07 de abril, alunos do ensino médio do colégio estadual Heitor Rocha Kramer, no bairro Alto Cascavel, desenvolveram trabalhos tendo a CF como base de estudos. Na ocasião, os alunos que foram orientados pelo mestre em Planejamento Ambiental e professor daquela instituição, Mauro José Licheta, se disseram satisfeitos com a oportunidade de pesquisar e entender o que se passa com o meio ambiente em dias atuais.

“Tivemos a oportunidade única de discutir e estudar sobre os biomas brasileiros neste trabalho que desenvolvemos, sempre com enfoque nos impactos ambientais, sem perder de vista os grupos sociais mais atingidos e que dependem do equilíbrio do Bioma para sobreviver. O tema da Campanha da Fraternidade deste ano nos serviu de base para este trabalho”, destacou Mauro.

Conforme salienta a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Campanha da Fraternidade deve durar o ano todo e não só no período da quaresma, como muitas pessoas pensam.

Desde o ano passado, encontros e palestras promovidos pelo padre Itamar Abreu Truco, que coordena a Ação Evangelizadora na diocese, pontuaram as tarefas que serão desenvolvidas pelas comunidades durante todo o ano de 2017.

Ele lembra também, que o desenvolvimento das atividades em se tratando de preservação e cuidado para com os biomas, deve ter iniciativa dos moradores, em seus pequenos grupos, em ações básicas partindo dos membros das famílias. “Realizamos diversas reuniões com os Decanatos de nossa diocese e apresentamos o Texto Base da Campanha deste ano para as pessoas que irão trabalhar nas paróquias e comunidades.

Este material serve como orientação, como espinha dorsal do que será desenvolvido, mas as tarefas deverão ser desenvolvidas pelas pessoas, sempre primando pelo respeito e pelo compromisso para com a região onde vivem”, frisou.

 

COMENTÁRIOS





agora na capa

POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGOTrês armas de fogo e munições são apreendidas pela ROTAM