AgronegóciosEducaçãoEsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
VIOLÊNCIA

Traficante morto em confronto com a PM permanece sem identificação no IML

Tiroteio ocorreu na última quinta (05) na rodoviária de Guarapuava

domingo, 8 de abril de 2018

Um dos traficantes morto no confronto com a Polícia Militar na última quinta feira (05) na estação rodoviária de Guarapuava permanece sem identificação no Instituto Médico Legal (IML). (LEIA MAIS AQUI SOBRE O CASO)

De acordo com o IML, até a manhã deste domingo (08) nenhum familiar procurou o Instituto para a identificação oficial do corpo.

O policial morto no confronto, identificado como Adriano Andrigo Pires, com 28 anos, era natural de Rio Negro. Ele era casado e integrava o Batalhão de Operações Especiais de Curitiba (Bope). Seu corpo foi transladado para Rio Negro, onde foi sepultado. 

Já o outro traficante morto, Leonardo Felipe Rieger, de 19 anos, foi transladado para Foz do Iguaçu, onde foi sepultado.

 

COMENTÁRIOS