AgronegóciosEducaçãoEleições 2016EsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaTrânsitoVariedades
ColunistasVídeosÚltimas
MEIO AMBIENTE

Poluição do parque industrial da Agrária atinge a Colônia Vitória

Moradores relatam como é difícil conviver com o problema. Cooperativa Agrária prometeu ao GMAIS que vai se pronunciar. Moradores estão assustados com uma fumaça preta, densa, que sai dos chaminés

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

A densa fumaça negra que saiu do chaminé no parque industrial da Colônia Vitória, em Entre Rios, e (no destaque) as fuligens que se acumulam nas residências e outros locais

GUARAPUAVA – Os moradores da Colônia Vitória, no distrito de Entre Rios, estão assustados com uma fumaça preta, densa, que sai dos chaminés no parque industrial onde está instalada a sede da maltaria Agromalte.

A fumaça exala um gás tóxico e fuligem que se espalham por toda a colônia suábia, até então um dos exemplos de convivência em equilíbrio entre o meio rural, a comunidade urbanizada e o meio ambiente.

A Cooperativa Agrária, responsável pelo parque, informou ao GMAIS, por meio da assessoria de imprensa, que irá se pronunciar oficialmente sobre o assunto ainda nesta quarta-feira, 3.

Entre os moradores, a reclamação é grande, principalmente entre os cooperados da Agrária. Pelas redes sociais, além de expressarem indignação com a situação, que rompe com a qualidade de vida pela qual é reconhecida internacionalmente a colônia germânica, mulheres postaram fotos mostrando o acúmulo de fuligem nas residências e nos veículos.

 "Entre Rios vítima de poluição de natureza, 'capitalismo selvagem?', tem gente esquecendo suas origens. Onde andará a consciência?", questionou uma moradora. Outra respondeu: "Isso é desumano!!! Foi pra isso que se investiu tanto?"

A moradora que mostrou a foto com mão manchada de uma poeira negra, comentou: "Se o carro fica assim ...o pulmão como fica????? Quase não respiro mais ....tá pior que quando tive embolia !!!!!!!!" Ao que, nova moradora completou, dizendo que "épavoroso chegar no trabalho e ter que respirar fundo antes de sair do carro".

 

COMENTÁRIOS