AgronegóciosEducaçãoEsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos

Brasileirão: favoritos ou superestimados?

por: Márcio Nei dos Santos

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Uma tarefa difícil é a de apontar favoritos no Campeonato Brasileiro de Futebol. Diferente da maioria dos campeonatos nacionais, onde dois ou três times sempre aparecem como favoritos, no Brasileirão é possível citar pelo menos 10 equipes com chances de brigar pela taça. A edição 2016, que inicia neste final de semana, deverá ser ainda mais acirrada, principalmente pela qualidade técnica das equipes (ou pela falta dela).

Apesar de ser difícil apontar os mais cotados para o título antes da bola rolar, alguns sites se aventuram, mesmo que de forma indireta, a fazer algumas previsões. Um exemplo foi o portal Globo Esporte que, nesta quinta-feira, postou um comparativo dos elencos dos 20 clubes participantes (confira no link http://app.globoesporte.globo.com/futebol/campeonato-brasileiro/avaliacao-dos-elencos-do-brasileirao-2016/).

A ideia, basicamente, foi de apresentar os 22 principais jogadores de cada equipe, encaixando cada atleta em um determinado nível técnico. O site dividiu seis categorias para os jogadores: “É seleção” (jogadores com nível de seleção nacional), “joga muito” (jogador fundamental para o time), “agrega valor” (titular importante, que faz falta quando está fora do jogo), “compõe elenco”(jogadores que não são tão decisivos para a equipe), “sujeito a vaias”(longe de ser um primor técnico) e “irrita a torcida” (jogador persiguido, alvo de críticas em caso de derrotas).

A lista é extensa e, em certos pontos, até polêmica. No entanto, se para ter uma ideia mais palpável de quais times têm os melhores elencos (na opinião do Globo Esporte), fiz uma tabela atribuindo pontuações aos atletas. Os jogadores “sujeitos à vaias” ganharam um ponto, enquanto os “irrita a torcida” dois, e assim por diante (os “é seleção” receberam seis pontos cada). No final de tudo, somei as pontuações das equipes, que resultou no seguinte ranking:

Verificamos que Santos (89 pontos) e Atlético Mineiro (84) são os grandes favoritos ao título, na visão do site. Fluminense (83) e Palmeiras (83), que vêm de campanhas irregulares nas últimas temporadas, também aparecem muito bem cotados, superando equipes como Cruzeiro (82), São Paulo (81) e atual campeão, o Corinthians (80). De acordo com a pontuação de seus elencos, é provável que estes times lutem pelas vagas brasileiras na Copa Libertadores da América do ano que vem.

Por outro lado, clubes que constantemente são apontados como favoritos, como a dupla gaúcha, Gre-Nal, aparecem mais desacreditados, dividindo a oitava colocação com o Atlético Paranaense (78 pontos). Logo depois aparecem Flamengo (77), Coritiba (76) e Botafogo (75), que devem passar a maior parte do tempo nas posições intermediárias da classificação ou, quem sabe, lutando para escapar do rebaixamento.

A briga contra o descenso, inclusive, deverá ser a realidade das demais equipes: América-MG (73 pontos), Ponte Preta (73), Sport (72), Vitória (72), Chapecoense (69), Figueirense (69) e Santa Cruz (68). No entanto também é possível que alguns destes times surjam como surpresas, encomodando os clubes mais tradicionais. América-MG e Santa Cruz, por exemplo, conquistaram títulos estaduas recentemente, em cima de adversários que também disputam a Série A. Ou seja: difícilmente vai existir alguma “galinha morta” na competição deste ano.

Agora é aguardar a bola rolar e conferir se as todas estas expectativas vão se confirmar. Que soe o apito e que vença o melhor!

COMENTÁRIOS





Clique Esporte

Márcio Nei dos Santos

Graduado em Comunicação Social (Publicidade e Propaganda), atua como fotógrafo e repórter esportivo. Desde 2009, é redator do blog Clique Esporte.