AgronegóciosEducaçãoEsportesGeralPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos

A Saúde precisa de ajuda

por: Emanoel Severo

sexta-feira, 18 de março de 2016

Não estou aqui para falar sobre a capacidade de alguns governantes em fazer com que um país com tantas riquezas seja motivo de piada lá fora...

Nem para afirmar que as riquezas da frase acima concentram-se nas contas e propriedades de uma “politicagem” mal caráter que mente na “cara dura” fazendo o povo de idiota.

Povo que trabalha, paga impostos altíssimos e sofre ao ligar a TV e assistir essa roubalheira descarada.
Roubalheira permitida eu diria. Porque quem vai julgar o bandido é bandido também. Onde já se viu?!?
Mas também não estou generalizando...

Na verdade estou aqui pra te dizer que, no meu papel de cidadão decepcionado com tais atrocidades, não sou tão “burro” e estou vendo que nitidamente estão tentando “esfregar na cara” do povo um título de “palhaço”.
Venho através deste texto apenas compartilhar minha angústia, porque enquanto alguns políticos “quebram” cada vez mais nosso país...a saúde, motivo pelo qual eu escrevo, já está “quebrada” há muito tempo. 

Eu espero, do fundo do meu coração, que alguém olhe pela saúde, com o olhar do pai que está prestes a perder seu filho na fila do SUS.  Eu não vou falar de política, porque eu não entendo disso. Vou falar como profissional de saúde, porque disso eu entendo... 

Eu não sei se o povo não é importante pra você. Não sei se você esquece que foi o povo quem te colocou aí. 
O que eu sei? Eu sei que não tem gaze e soro lá nos postos de saúde para fazer um curativo. Eu sei que não tem funcionário suficiente para atender uma sociedade que cada vez mais adoece. Sobrecarregado, o funcionário está ficando cansado. Eu sei que não tem lugar para internar o doente porque os hospitais estão lotados. 

O que eu sei, e não sei se você sabe, é que a saúde não está nada boa, e “seu” povo não está nada bem!
Agora, eu sei que você não pode, não tem tempo, porque está preocupado em dar um jeitinho de esconder seu roubo, porque está todo mundo caindo, né.

Mas quem sabe quando a poeira baixar, você tenha tempo para fazer alguma coisa “que preste”.  É estranho dizer isso, mas é que a saúde precisa de ajuda!    Você não sabia disso??? É que você nunca precisou utilizar o serviço público, né! Aquela mãe que morreu, não era a sua!

 

COMENTÁRIOS





O olhar daquele que cuida

Emanoel Severo

Meu nome é Emanoel Severo, tenho 26 anos, sou enfermeiro e trabalho com controle de infecção em serviços de saúde. Especializei-me em Estomaterapia, trabalho no Hospital São Vicente e sou Professor em cursos técnicos, graduação e pós-graduação em Enfermagem - Faculdade Guairacá e Futura Educação Profissional.