AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
OPERAÇÃO DNA

Filho da prefeita de Virmond e contadores são presos acusados de corrupção

Uma família de contadores é presa, suspeita de "organização criminosa"

terça-feira, 5 de julho de 2016 - 16:58:00

A prefeita Lenita Mierzva ainda não se pronunciou sobre as prisões. Ela também está envolvida em denúncias, como o uso indevido de celulares, e já foi condenada por mandar emplacar veículo oficial com iniciais do seu nome e por se beneficiar de kits de Natal distribuídos pela Prefeitura com sua propaganda eleitoral (LEIA MAIS AQUI)

Cinco mandados de prisão contra pessoas investigadas na Operação DNA, desenvolvida pela Promotoria de Justiça de Cantagalo, no Centro-Sul paranaense, em parceria com o serviço reservado da Polícia Militar, foram cumpridos na tarde desta segunda-feira (4 de julho). A divulgação oficial só aconteceu nesta terça-feira. A operação apura desvios de recursos públicos, emissões de notas frias, fraudes em licitações e cobranças de propinas na prefeitura de Virmond. 

Segundo as informações,   Os presos são o secretário de Finanças de Virmond, Charles Mierzva, filho da prefeita Lenita Mierzva; Maikon Okonoski, Grazi Okonoski (esposa de Maicon), e o pai de Maicon. O quinto homem, Diego Okonoski, foi preso dentro da prefeitura de Turvo, onde exerce a função de contador.
De acordo com o Ministério Público, em nota distribuída à imprensa, todos os contadores são de uma mesma família, que liderariam uma organização criminosa envolvida em fraudes a licitações. As investigações apontam para um prejuízo preliminar de pelo menos R$ 200 mil, embora existam indícios de que o valor possa ser maior.

As prisões foram decretadas pela Vara Criminal da Comarca de Cantagalo, a pedido do Ministério Público do Paraná. Foram cumpridos mandados de prisão em Turvo (um), Cantagalo (dois) e Virmond (dois). Nesta terça-feira (5), foi cumprido também mandado de busca e apreensão na prefeitura de Virmond.

 

COMENTÁRIOS